Os 3 maiores desafios dos jovens líderes

Blog

duomo

Postado 19/08/2019

Gerenciar tempo e esforço, assim como o fluxo de informações e construir relacionamentos diversificados são importantes na liderança

Assumir um cargo de CEO é uma das maiores realizações de um profissional  focado em construir uma carreira corporativa. Porém, nem sempre as expectativas estão de acordo com a realidade encontrada. Uma pesquisa realizada pela revista Harvard Business Review tentou explicar os motivos de tantas demissões de líderes nas maiores empresas do mundo. Na maioria dos casos, esses líderes não estão preparados para os desafios que encontram.

O estudo mostrou quais são os três desafios mais comuns encontrados por esses líderes que os surpreenderam. O objetivo é alertar os profissionais que desejam crescer até assumir um cargo de CEO nas empresas que atuam para que se preparem:

1)      Gerenciar o tempo e energia

É preciso não deixar o tempo limitar as energias e ter as prioridades claras. Algumas questões não necessariamente precisam da dedicação integral do CEO e aí que vem também a importância de saber delegar. Entender o que realmente é essencial para o funcionamento da organização auxilia no exercício das prioridades.

Outro ponto fundamental é ver os diretores e membros dos conselhos administrativos como parceiros. Eles fazem o “filtro” do que está acontecendo de importante na rotina do trabalho de diversas áreas da empresa. Por isso,  formar um time forte e prepará-lo para esses desafios auxilia bastante neste processo.

2)      Construir relacionamentos diversificados

A atuação do CEO é decisiva não apenas dentro da empresa, mas fora dela. Por isso, é essencial manter um bom relacionamento também com a imprensa, stakeholders, Governo, investidores e outros grupos que auxiliam na disseminação de informação estratégica para o negócio.

Algumas questões podem até ser antecipadas se o CEO participar de conversas relevantes na sociedade. Naturalmente, também fortalecer os laços com a equipe e, principalmente, com diretores, auxilia no processo de confiança dos colaboradores e de que as ações desejadas sejam realizadas com sucesso dentro da organização.

3)      Gerenciar o fluxo de informações

A maioria dos CEOS encontra dificuldade em tomar decisões sem ter uma compreensão detalhada do cotidiano de algumas áreas da empresa. Por isso, é importante a criação de uma cultura na empresa que estimule a troca de informação em diferentes níveis.  As partes interessadas devem saber a hora certa de emitir alguns comunicados ou entrar em contato com sugestões ou questões a serem resolvidas.

Os CEOs mais jovens precisam compreender que liderar uma organização  não é um trabalho solitário. Ao contrário, existe muita ajuda disponível, é só saber buscar as informações e contar com as pessoas certas nesse processo. Muitas vezes ter um conselheiro ou até um mentor pode ajudar a desenvolver mais segurança no começo do trabalho. Se você deseja se preparar  melhor para os desafios da liderança, conheço os nossos programas de desenvolvimento de lideranças AQUI.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *