Artigos

Planejamento de carreira

Por Kelly Gomes

Quando os empregos eram para a vida toda e raramente as pessoas desligavam-se das empresas, as carreiras profissionais seguiam naturalmente por si só. A ideia de administrar realmente sua carreira era remota para a maior parte dos indivíduos.

DesenvolvimentoCarreiraHoje com o mercado globalizado, os avanços tecnológicos, os clientes exigindo cada vez mais qualidade e serviços superiores, aceleração dos processos de produção e de comercialização. Obrigou as empresas a buscar cada vez mais soluções inovadoras, criativas, capazes de garantir sua sustentabilidade.

E com isso as reestruturações, que geram números crescentes de desempregados, dos constantes cortes, terceirização, aumento do trabalho informal e sem contar que as estruturas de cargos tornaram-se obsoletas.

O que fazer? Planejar a sua carreira.

O importante é possuir habilidades competitivas exigidas para ser um profissional de mercado. Para isto é preciso flexibilidade para mudar, objetivando obter segurança com a "empregabilidade".

A empregabilidade implica em saber se o trabalho de hoje vai aumentar o valor pessoal em termos de oportunidades futuras.  E ao realizar planejamento de carreira os profissionais conquistam um diferencial competitivo.

Porém, nem tudo é tão simples assim, mesmo sabendo da importância de planejar a carreira pode ter resistência. E isso foi estudado por Hall e Gutteridge que elencaram os seguintes  fatores:

  • Algumas pessoas percebem o desenvolvimento de carreira como uma responsabilidade desnecessária ou exclusiva da empresa;
  • Alguns acham que a ascensão na carreira é uma questão de sorte, bastando estar no lugar certo na hora certa;
  • Outros acreditam que, para fazer carreira, devem trocar constantemente de empresa;
  • Existem os que acham que não há sentido em pensar no planejamento de carreira, uma vez que não da para prever o futuro;
  • E tem aqueles que não têm coragem para  encarar a si próprio ou relutam em efetuar as mudanças necessárias a seu plano de carreira.

Só que, a ausência de um planejamento consciente coloca as pessoas em situação de risco.

E para você não é interessante correr esse risco, não é mesmo?

Então foco e energia, seja dono da sua carreira. A sua carreira é seu maior patrimônio. Se você não cuidar bem dela, ninguém fará isso por você.

Ao futuro e avante!

E esse futuro começa a ser vislumbrado e desenhado com ações do agora, onde é preciso agir na direção daquilo que se almeja em termos de caminhos profissionais ou de ações necessárias.

Alguns aspectos importantes para começar a desenhar o futuro:

Pense no Propósito/ Porquê

  • Qual o sentido do seu trabalho? Qual o sentido da carreira? Qual o sentido do que você faz pra você?

Analise pontos fortes e fracos

  • Quais os pontos fortes que predominaram na sua carreira? Qual habilidade desenvolveu durante a sua carreira? Que pontos faltaram ou que fraquezas te atrapalharam?

Analise da Situação Atual e aonde se quer chegar

  • Qual é a situação atual? Aonde você quer chegar? O que está faltando? Quais são as barreiras existentes?Quais são as opções existentes?

Construa a estratégia

  • O que o mercado deseja receber do seu trabalho mais do que qualquer outra coisa? O que convence o mercado a comprar o seu trabalho e não o de outra pessoa? O que você faz especialmente bem? Qual é a sua vantagem competitiva? Como e quem acionar da sua rede de networking?

E não se esquecer de um ingrediente importante, o fator emocional, que também faz a diferença. Há pesquisas que comprovam que nosso cérebro se condiciona de acordo com pensamentos positivos ou negativos.

Respire, pense positivo e ação. Assim seu planejamento terá mais chance de sucesso!