A criatividade empresarial é, sem dúvida, fator importantíssimo para inovação e sobrevivência das organizações, e tanto características pessoais quanto do ambiente influenciam. Um estilo de liderança participativo, por exemplo, traz grande estímulo ao ato de criar, mas isoladamente, não é capaz de promover a mudança desejada. A criação deve 
estar associada à capacidade de realizar.


* Por Joacir Martinelli

Para que possamos administrar nosso tempo da melhor maneira possível e dar conta de todas as atividades diárias, devemos distribuir nossas tarefas da seguinte maneira:

*Izabele Kutz (Adaptado do livro Triad do tempo de Christian Barbosa)

No processo de Coaching não transformamos a pessoa no que ela não é, apenas fazemos emergir o melhor dela

Mulheres, ocupem seus espaços!

O papel da mulher na gestão de mudanças e como a autoconfiança define a performance

Frequentemente, o líder se vê diante da seguinte situação: "preciso produzir resultado e, do jeito que estamos funcionando, eu e a minha equipe não daremos conta". Aparece então o dilema: como desenvolver essa equipe de modo que ela se aproprie de suas responsabilidades, e eu do meu papel?

*Por Mari Martins

Os conceitos do papel da liderança já são conhecidos. Mas, por que é tão difícil liderar pessoas? Porque só informação não é suficiente para mudar comportamento.

Uma das principais funções do processo de coaching é identificar e desenvolver competências humanas importantes para o desempenho eficiente da liderança. Ele começa com a autoavaliação e avaliação 360º para o levantamento de dados sobre comportamentos, valores, características pessoais e sobre alguns fatores da empresa que influenciam no desempenho profissional.

O coaching é um processo de construção conjunta e de confiança que possibilita a descoberta das potencialidades e limitações do coachee, bem como consciência e empoderamento nas futuras escolhas. Como diz Whitmore, o coaching estimula o melhor de cada um.

* Adaptado por Izabele Kutz

Dentre os investimentos em educação corporativa, os destinados aos líderes e gestores certamente estão entre os mais discutidos: no que investir?

Dentro do modelo cognitivo, as situações propostas durante o coaching não geram comportamentos (ações e reações) e sim reavalia a maneira como são interpretadas. Por meio das técnicas aplicadas para a identificação de pensamentos, crenças e estratégias, o coachee...

Locus de controle é um conceito introduzido pelo psicólogo norteamericano Julian Rotter, em 1966, no contexto de seu artigo “Psychological Monographs”, no qual deixa claro como a percepção das pessoas afeta seus sucessores e fracassos na vida.