5 Tendências para 2019: RH e Treinamento e Desenvolvimento (T&D)

Blog

Duomo Educação

Postado 20/02/2019

Veja como a tecnologia e transformação digital já mudaram o mindset  e os processos de trabalho de vários profissionais

 

O ano de 2019 já começou para valer e algumas tendências para as áreas de Recursos Humanos e Treinamento e Desenvolvimento já vem se consolidando. A transformação digital e a inovação estão no centro das mudanças e avançando cada dia mais não apenas nos processos, mas também no cotidiano pessoal e profissional dos colaboradores. Não tem mais jeito. É hora de se inserir de vez e ajustar o mindset digital. Mas em que as áreas de RH e T&D devem focar seus esforços neste ano?  

 

Baseado no que as principais empresas do país estão fazendo, compartilhamos as 5 principais tendências para que outras organizações possam se preparar:

 

1 – Gamification

Manter o interesse dos colaboradores durante um treinamento, assim como o engajamento é um dos desafios que a gamification tem resolvido com êxito.  Jogos digitais e simulações de cenários estimulam a competição saudável durante o processo de aprendizagem e capacitação. É possível inserir durante esses jogos práticos aspectos importantes da cultura empresarial, além de estimular a aproximação entre os participantes.

 

2 – Métodos ágeis

Métodos ágeis são metodologias comuns nas áreas tecnológicas que ajudam a organizar as demandas e o acompanhamento dos resultados. Um dos exemplos mais conhecidos é o “Scrum”, que usa post-its para o gerenciamento de projetos de TI  e que já está sendo implementado em outras áreas organizacionais. A metodologia está ajudando no desenvolvimento das rotinas das áreas de RH trazendo mais agilidade, flexibilidade e responsividade.

3 – People Analytics

Já com destaque no mercado dos Estados Unidos, “people analytics” é o processo de análise, coleta e organização de dados sobre as pessoas a partir da tecnologia. É  possível ter acesso a estatísticas e parâmetros de comportamentos a partir de fatos que acontecem na comunicação digital. Essas informações servem para auxiliar na tomada de decisões mais estratégicas e imparciais na hora da contratação de colaboradores, demissões e até no planejamento de um programa de treinamento mais eficaz.

4 –  Inteligência Artificial

 

A partir de softwares e mecanismos específicos, é possível simular em máquinas o raciocínio humano. Isso acelera alguns processos internos, além de diminuir os erros. Dentro da área de recursos humanos aparece em destaque a biometria, que mudou a forma de “bater o ponto”. Esse processo faz a leitura de digitais do dedo ou até da íris do olho para identificar o colaborador.

 

5 – Flexibilização dos horários e locais de trabalho

 

Para conseguir manter os colaboradores engajados e até aumentar as taxas de retenção, é  preciso considerar a mudança de comportamento das pessoas. Cada dia mais, especialmente os jovens, consideram a qualidade de vida que a empresa oferece como um dos principais atrativos de uma vaga de emprego. Com a formalização do “home office” na CLT,  As empresas estão adotando sistemas de gestão em nuvem que permitem trabalhos remotos pelo menos em alguns dias da semana. Assim, os colaboradores podem acessar a plataforma de trabalho em qualquer lugar ou hora com a internet.

Se sua empresa quer investir nesta e outras tendências ou se adaptar aos desafios da Transformação Digital, conheça os nossos programas personalizados  AQUI. Entre em contato conosco para tirar suas dúvidas e conquistar melhores resultados em 2019.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *